sexta-feira, 23 de março de 2012

Aos 80 anos de idade morre no Rio de Janeiro o Grande Humorista Chico Anysio

Morreu na tarde desta sexta-feira (23) o humorista Chico Anysio, aos 80 anos, no Hospital Samaritano, no Rio de Janeiro. De acordo com a TV Globo, o humorista chegou a sofrer duas paradas cardíacas e foi reanimado, mas acabou não resistindo.
Chico Anysio foi internado no dia 22 de dezembro, após uma infecção no aparelho digestivo e, posteriormente, diagnosticado com pneumonia. O humorista passou por uma sessão de hemodiálise na noite de quarta-feira (21) e, na tarde desta quinta, foi realizada uma punção torácica esquerda com drenagem de grande quantidade de sangue. Chico estava recebendo altas doses de medicação para controlar a pressão arterial, além de requerer o uso de ventilação artificial.
Em agosto de 2010, ele foi internado no mesmo hospital para a retirada de uma parte do intestino grosso, após apresentar um quadro de hemorragia digestiva. Depois da cirugia ele foi diagnosticado com pneumonia.
No dia 2 de dezembro, ele foi submetido a uma angioplastia, procedimento que desobstrui as artérias e, desde então, apresentou novos quadros de falta de ar. Em fevereiro deste ano, Chico Anysio apresentou um novo quadro de infecção pulmonar e voltou a fazer uso de antibióticos.
Biografia
Francisco Anysio de Oliveira Paula Filho nasceu em 12 de abril de 1931 na cidade cearense de Maranguape. Construiu a carreira no Rio de Janeiro, para onde se mudou aos seis anos de idade.
Chico Anysio começou na Rádio Guanabara, como ator em rádio novelas de diversas emissoras. Seu talento para criar personagens o levou ao cargo de roteirista da extinta Atlântida Cinematográfica.
Estreou na TV Rio em 1957, com o Noite de Gala. Em 1959, estreou o programa Só tem Tantã, rebatizado meses depois de Chico Anysio Show.
Em 1968, ele foi para a Rede Globo, onde ficou nacionalmente conhecido, por programas como Chico City, Chico Total, Escolinha do Professor Raimundo e, mais recentemente, Zorra Total.
Chico Anysio ficou famoso pela criação de mais de 70 personagens, alguns inesquecíveis para o grande público como Alberto Roberto, o Professor Raimundo, Bento Carneiro, Bozó, Justo Veríssimo, Painho, Véio Zuza, Zé Tamborim, entre tantos outros.
Ele também se destacou como autor de romances, contos e peças de teatro, além de ser pintor de quadros, principalmente nos últimos anos de vida. Nos anos 2000, Chico fez participações em novelas globais, como Caminho das Índias, Pé na Jaca e Sinhá Moça.
Chico era casado com a empresária Malga Di Paula e pai de oito filhos: Lug de Paula, Nizo Neto, Ricardo, André Lucas, Cícero, Bruno Mazzeo, Rodrigo e Vitória, de cinco relacionamentos diferentes.
Em homenagem aos 60 anos de sua carreira, Ziraldo reuniu vários cartunistas e criou um livro chamado É Mentira, Chico?, com caricaturas dos personagens do humorista, além de um DVD, com especiais dos programas de Chico.
Em 2009, ele foi tema da escola de samba Unidos do Anil, do Rio de Janeiro, desfilando com o enredo Chico Total! Sou Anil e Faço Carnaval. Uma das últimas aparições do humorista na TV foi no especial Guerra e Paz, vivendo um padre. Em 2009, atuou no filme Se Eu Fosse Você 2 e dublou o protagonista da animação UP.

Vejam alguns vídeos abaixo que com certeza vão deixar saudades.




quinta-feira, 22 de março de 2012

PRECONCEITO: Comissão aprova projetos que proíbem tatuagem nas Forças Armadas

Projetos também exigem alturas mínimas e máximas para cursos da Marinha e do Exército. Você acha justo? DE SUA OPINIÃO

A Comissão de Relações Exteriores e de Defesa Nacional aprovou na quarta-feira (21) dois projetos de lei que estabelecem requisitos para o ingresso em cursos de formação do Exército e da Marinha brasileiros. Os projetos ainda precisam ser analisados pela Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania.

De acordo com o que foi aprovado na primeira comissão, fica proibido o uso de tatuagens cujas dimensões ou natureza prejudiquem a camuflagem e comprometam as operações militares. O candidato também não pode possuir tatuagem que faça alusão à ideologia terrorista ou extremista, violência, criminalidade, ideia ou ato libidinoso, discriminação ou preconceito de raça, credo, sexo ou origem ou ainda ideia ofensiva às Forças Armadas.

Os projetos abordam outros pontos como idoneidade moral, bons antecedentes, cumprimento das obrigações eleitorais e do serviço militar e condições psicofísicas. Foram definidos limites de idade, limites máximo e mínimo de altura.

Exército

Pelo projeto, fica proibido o casamento para ingresso em alguns cursos, como o preparatório de cadetes. Além disso, são determinadas alturas mínimas: 1,60 metro para homens e 1,55 m para mulheres. Os limites de idade variam de 16 a 36 anos, de acordo com a carreira pretendida. Para cursar o preparatório de cadetes, a idade exigida é entre 16 e 21 anos.

Marinha

A altura mínima exigida para candidatos de cursos da Marinha é de 1,54 metro e a máxima, 2 metros – exceto para candidatos ao Colégio Naval, cuja a máxima é de 1,95 m. Os limites de idade variam de 15 a 35 anos, também de acordo com a carreira pretendida. Para admissão no Colégio Naval, por exemplo, a idade exigida varia de 15 a 18 anos.

Tatuagens

As exigências para se prestar concursos para as polícias militares dos Estados também têm capítulos que abordam as tatuagens. No Rio de Janeiro e São Paulo, tatuagens são permitidas desde que estejam de acordo com algumas regras determinadas pelas corporações. Em São Paulo o edital do concurso informa que a "tatuagem não poderá atentar contra a moral e os bons costumes; deverá ser de pequenas dimensões, sendo vedado cobrir regiões ou membros do corpo em sua totalidade, e, em particular, região cervical, face, antebraços, mãos e pernas; não poderá estar em regiões visíveis quando da utilização de uniforme de treinamento físico, composto por uma camiseta branca meia manga, calção azul-royal, meias brancas, calçado esportivo preto, conforme previsão do Regulamento de Uniformes da Polícia Militar do Estado de São Paulo".

Já em Estados como o Rio Grande do Sul e Minas Gerias, candidatos entraram na Justiça após serem barrados nos concursos, mesmo após serem aprovados em outras fases, por possuírem tatuagens em alguma parte do corpo. Você acha isso justo?

Veja o que é feito com o dinheiro dos IMPOSTOS... Na EUROPA é claro!

video

Isso que é artista. Veja o que o cara faz com farinha.

video

Se não couber não force...

video